23.2.06

Pardon?

A propósito de meter expressões estrangeiras nas minhas frases, lembrei-me que o meu pai não tinha tanta queda para as línguas. No inglês safava-se bem, mas o espanhol transformava-se em portunhol - mas também sem o portunhol nem parece que somos independentes - e o francês... bem, o francês... enfim, avaliem vocês mesmos.
.
Uma vez ele queria dizer "agora não, eu vou depois" em francês e saiu-lhe o seguinte: "alors non, je vais depuis". O som é parecido ao português mas infelizmente significa "nesse caso não, eu vou desde"... Imaginem a cara do franciú a perguntar: pardon? E o meu pai a repetir, convicto: "alors non, je vais depuis!"
.
Mas no que toca a traduções, nada como aquela cena do filme dos Goonies: empregada mexicana nova e a dona de casa pede ao Mouth para traduzir.
- Aqui os lençóis, ali toalhas, ...
E ele, tranquilo:
- Aquí la cocaína, allí la heroína... jamás mesclar, porqué si no!
E a empregada, em pânico:
- Es una casa de locos!
.
E pronto, esta expressão ficou. Sempre que havia alguma confusão em casa, eu ou um dos meus irmãos dizia logo: Es una casa de locos! O facto do culpado ser provavelmente um de nós era um mero pormenor...

6 comentários:

O Micróbio disse...

LOL... tenho que contar esta à minha mulher (é francesa)... :-)

Armando S. Sousa disse...

Devido à minha profissão, trabalho em comércio internacional, estou constantemente a utilizar expressões estrangeiras.
C'est la vie!
Um abraço.

Fernando Bravo disse...

micróbio, não contes alors, conta depuis ;)

armando, oh se a vi, vi-a toda! (conheces a anedota?)

Abraços!

Lagoa_Azul disse...

Pardon, mas tive uma professora de frances que me tirou o entusiasmo...mas é uma lingua muito sonante e linda de pronuncia.
Bom fim de semana, beijos com carinho

Freddy disse...

Goonies = top of the tops!!! Sabias que o miudo é o Sam do Sr dos Anéis?

Fernando Bravo disse...

lagoa_azul, já eu tive uma prof de francês que me deu entusiasmo ;D

freddy, agora que dizes...

Bjs e abraços!