26.2.06

Miséria nacional... intelectual!

Ou pelo menos miserabilismo. Vasco Pulido Valente meteu-se a falar de futebol. Com o seu habitual pessimismo que de tudo diz mal, notou que a maioria dos jogadores da selecção nacional dava os toques na bola em país estrangeiro e considerou-o um «retrato da miséria nacional».

Mas por acaso isso verifica-se apenas em Portugal? Então a França, a Alemanha, a Holanda ou a Suécia, que têm os jogadores das suas selecções igualmente espalhados por ligas estrangeiras, têm uma miséria nacional semelhante à que vpv tão sistematicamente denuncia como nossa? Ou será que não estamos tão mal quanto vpv vocifera? Ou, mais simplesmente, será que vpv foi acometido do "Síndrome-de-Dirigente-do-Bloco-de-Esquerda" e lhe deu para falar de tudo, incluindo do que claramente não sabe?

7 comentários:

Lagoa_Azul disse...

Há intelectuais que jamais irão aprender que quando não se tem nada de agradaval para dizer, é preferivel ficar calado...
Não basta a miséria nacional...também a intelectual, lol

Boa semana, beijos com carinho.

O Micróbio disse...

Já lá deixei a minha "posta de pescada"... há gente que pelo facto de saber juntar meia dúzia de palavras (e digamos que o VPV até o faz muito bem), já se julga capaz de falar sobre tudo, inclusivé sobre o que nada percebe.

Freddy disse...

Só mesmo Cunhal falaria de tudo com qualidade... Grande homem!!!

A disse...

Sobre o tio Pulido, não argumento. Mas nada ainda me conseguiu tirar o sorriso estúpido do rosto desde o magnífico frango de Vítor Baía, ontem à noite. Falando de futebol, pois claro...
:)
Bom dia...

Fernando Bravo disse...

lagoa_azul, a mim o VPV já me irrita com tanto pessimismo. Valham-me as tuas mensagens simpáticas!

micróbio, eu também deixei lá uma posta. E muitos outros também deixaram. Parece-me que o homem nunca mais vai falar de futebol...

freddy, pois!

a, grrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr! Para tirar o sorriso, basta lembrar que ainda estão em 3º lugar e nós em 1º!

A disse...

:)

Fernando Bravo disse...

a, actualização: basta lembrar que ainda estão em 4º lugar e nós em 1º (eh eh eh)!