11.10.05

Para mais tarde recordar


Sexta-feira, 7 de Outubro de 2005. Último dia de campanha eleitoral. Caravana da coligação PSD/CDS junta várias centenas de carros junto na praça do Castelo do Queijo. Quando arrancou, a caravana estendeu-se do Castelo do Queijo à praia da Luz! A mostrar o caminho, um autocarro de 2 andares. No andar de cima (a descoberto), Rui Rio segue à frente (foto) e vai acenando às pessoas pelas ruas da cidade. A música chama as pessoas à janela. A adesão é fantástica.

Todos nos interrogamos: como é que as sondagens dão uma aproximação de Francisco Assis? Como é que a sondagem da TVI, saída na véspera, dá a vitória ao PS? Eu não conseguia acreditar. Não apenas pela caravana, mas porque ao longo de toda a campanha eleitoral senti um apoio maioritário e vi muita gente a dizer-se de Esquerda mas a garantir que ia votar Rui Rio. Mas as sondagens... Afinal de contas nas Legislativas as sondagens até tinham acertado. Fiquei a achar que íamos ganhar, mas com maioria relativa.

Domingo, 9 de Outubro. Fiquei numa mesa de voto (das 7 da manhã às 21h!!) e, um bocadinho antes das 19h, liguei o rádio do telemóvel (com auricular, não fosse ainda aparecer algum eleitor tardio). Ouço na TSF: "faltam 15 segundos para as 19h... vamos divulgar as primeiras projecções já a seguir... Carmona e Rio vencem." Bom sinal! Toca a desligar o rádio e a contar os votos.

Cerca das 21 horas, fim da contagem dos votos na minha mesa. Vou entregar os resultados ao secretariado e pergunto pelo resto: na minha freguesia, vitória quase certa (embora ainda faltasse metade das mesas); na cidade, vitória de Rui Rio, podendo chegar à maioria absoluta!

Cerca das 22 horas, todas as mesas da minha freguesia estavam contadas. Ganhámos! Siga prá Baixa! Declaração de vitória de Rui Rio e mini-caravana, agora à volta da Câmara Municipal e da Trindade. Para além do autocarro (fotos abaixo)...


... também um camião tipo "trio eléctrico", onde seguiu Rui Rio a agradecer aos apoiantes.



Cerca das 23 horas, a notícia: maioria absoluta na Câmara e, provavelmente, também na Assembleia Municipal! Festa total!

2 comentários:

Tiago M.G.Duarte disse...

Bem...como sempre...em GRANDE! Conseguiste dar emoção a tudo que se passou naquela caravana, foi inesquecível, memorável...as palavras são curtas. Pela segunda vez o povo Portuense deu uma lição de Democracia, primeiro quando rejeitou que alguém fizesse a C.M.P. o seu Porto seguro,e em segundo conseguiu distinguir quem toma as decisões díficeis sem recorrer a demagogias. Fiquei com a certeza ABSOLUTA que o cargo da C.M.P. vai ser defendido por um político competente, correcto, honesto e com noção exacta do contexto económico-social, este último importantíssimo nesta Invicta cidade. Bem gostei de lembrar por breves momentos a síntese de uma semana que nunca irei esquecer.

P.S : Fernando só faltava umas músicas para animar a malta, tipo "Love Generation", "Poeira" ou "Dartacão". Se é que fiz-me entender

Fernando Bravo disse...

tiago, bem vi como gostaste da tua 1ª campanha eleitoral! Concordo com as tuas observações e entendi perfeitamente a história das músicas...