23.4.06

Sempre roupa, sempre roupa...

Almoço de Páscoa, família reunida.
Uma tia minha, senhora dos seus 70 anos, diz aos meus sobrinhos:
- Comam tudo que depois abrimos as prendas que eu vos trouxe.
Acto contínuo, o meu sobrinho de 5 anos:
- Sempre roupa, sempre roupa...
A minha irmã começou a falar em todas as direcções, procurando uma maneira de dar a volta. O meu cunhado ficou no extremo oposto, bloqueado. O meu sobrinho olhava sem perceber bem o porquê de tanta agitação, embora soubesse que algo se passava. E eu... eu ri-me, claro. Discretamente.

PS: desde quando se dão prendas na Páscoa (excepto eventualmente padrinhos/madrinhas)? Estes meus sobrinhos vão ficar estragados.

2 comentários:

Anónimo disse...

Ó tio babado, só te esqueceste de dizer uma coisa. É que quando tinha a idade dos sobrinhos dizias a mesma coisa.

Fernando Bravo disse...

ó anónimo, pois dizia! Odiava roupa, o que eu queria era brinquedos! Tens boas fontes, eheheh.